Brasil, 24 de Outubro de 2021
31 de dezembro de 1969

Empresa de cosméticos participa da primeira missão empresarial do governo Lula

Empresa de cosméticos participa da primeira missão empresarial do governo Lula



Empresa de cosméticos participa da primeira
missão empresarial do governo Lula

A empresa de cosméticos Bonyplus participa da primeira missão empresarial para Moscou, na Rússia, que será comandada pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, de 19 a 21 maio.

A comitiva será formada por 54 representantes de diversos setores da economia brasileira. Cerca de 34 são dirigentes de empresas de pequeno, médio e grande porte, dez de setores institucionais e dez de entidades de classe. O grupo se reunirá durante três dias na capital russa para negociar parcerias bilaterais que possibilitem a produção e inserção de produtos brasileiros, de preferência com alto valor agregado, nesse mercado em expansão.

Paulo Canto de Miranda, gerente de exportação da Bonyplus, diz que o principal objetivo da empresa nesta missão é prospectar o mercado russo, contactando parceiros e distribuidores para seus produtos. "Estamos levando 300 itens para cabelos, das nossas cinco marcas voltadas para consumidor final, todos com embalagens já nas versões em Russo. Temos capacidade de exportar, em quatro anos, 20 milhões de unidades/ano para este mercado. Também vamos oferecer a possibilidade de fabricar o produto e colocar a marca das empresas russas que nos contratarem", explica Miranda.

Para o governo Federal, ampliar o intercâmbio comercial entre o Brasil e a Rússia é uma das prioridades desta missão já que o Brasil conta com uma pauta diversificada de produtos para exportação no mercado internacional que ainda não estão presentes no mercado russo. "Queremos engajar as pequenas empresas no intercâmbio comercial para que elas possam descobrir as oportunidades oferecidas neste mercado", declara o ministro Furlan.

Agenda
No primeiro dia da missão (19/5), segunda -feira, está previsto um seminário para os empresários de ambos os países sobre economia. Na terça, um encontro de negócios reunirá os 34 exportadores brasileiros e cerca de 240 importadores estrangeiros e comerciantes russos. No terceiro e último dia, empresários brasileiros e russos farão visitas técnicas a setores previamente selecionados da economia russa.

Exportações
Os mecanismos de cooperação existentes entre os dois países são um eficiente instrumento para a ampliação de novos projetos bilaterais. O comércio é o aspecto mais visível dessa relação, que nos últimos anos vêm registrando um sucessivo incremento, com cifras de US$ 1 bilhão em 2000, US$ 1,5 bilhão em 2001 e US$ 1,7 bilhão em 2002.

Nos quatro primeiros meses deste ano, as exportações brasileiras para a Rússia somaram US$ 374 milhões, o que representa um aumento de 35,5% sobre igual período do ano passado, quando as vendas externas totalizaram US$ 276 milhões. A Rússia já é o 14º no ranking de importadores de produtos brasileiros. No ano passado, nesse mesmo período, a Rússia ocupava a 23ª posição.

 

 
Mais notícias sobre Notícias do Setor | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha