Brasil, 18 de Julho de 2018
11 de janeiro de 2018

Tratar couro cabeludo com oxigenação e ação antioxidante ajuda a garantir fios fortes e saudáveis

Para garantir cabelos resistentes, o primeiro passo do tratamento é o couro cabeludo. “Essa pele desempenha importantes papéis: barreira física, proteção imunológica, isolante térmico, secreção de oleosidade e transpiração, dentre outros. Altamente vascularizada, tem reduzida concentração de melanina e grande densidade de glândulas sudoríparas e sebáceas, que produzem lipídeos (triglicerídeos, ácidos graxos, esqualeno e colesterol) cuja função é impermeabilizar o couro cabeludo e os cabelos, deixando-os macios, flexíveis e brilhantes”, explica Mika Yamaguchi, farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, que lança três ativos para garantir oxigenação (AMDM®), reequilíbrio da microbiota (Defenscalp®) e ação antioxidante (Alistin®) do couro cabeludo.

De acordo com a especialista, é necessário cuidar do couro cabeludo porque fatores climáticos como poluição e radiação solar aliado às agressões externas como procedimentos químicos e térmicos, além de alterações emocionais, hormonais e nutricionais podem influenciar sobre o bom funcionamento das glândulas do couro cabeludo, alterando o seu equilíbrio natural. “Além disso, uma limpeza ineficaz e o excesso de produtos também podem causar suor e oleosidade em demasia, o que aumenta a irritabilidade e estimula o surgimento da caspa”, afirma Mika. A especialista explica abaixo a ação dos três ativos:

AMDM® para oxigenação - O ingrediente contém duas metioninas permitindo uma proteção ao couro cabeludo e a melanina do fio dos radicais livres principalmente da água oxigenada (H2O2). “Esse ativo atua no metabolismo mitocondrial permitindo o aumento da oxigenação celular e da produção de energia da célula, o que facilita o fluxo de nutrientes e ajuda a combater de maneira mais eficiente os radicais livres”, explica Mika Yamaguchi.

Defenscalp® para reequilíbrio da microbiota - Ativo padronizado de origem vegetal, Defenscalp controla suavemente a proliferação dos fungos Malassezia, causador da caspa. “O ingrediente possui três mecanismos de ação que atuam de forma sinérgica na manutenção da homeostase do couro cabeludo: inibe a produção de sebo pelos sebócitos (por meio da inibição da 5α-redutase), modula o sistema de defesa imuno-inflamatório e reforça o estrato córneo”, explica. A especialista conta que seu mecanismo inovador e diferenciado não produz os efeitos indesejados dos antifúngicos convencionais e confere uma ação “dermocalmante” ao preservar a integridade da microbiota do couro cabeludo. O resultado é perceptível logo após o primeiro uso.

Alistin® para potente ação antioxidante - É um peptídeo que mimetiza a carcinina natural presente no nosso organismo. “Alistin® possui atividade antiglicante (impede o açúcar de se ligar ao colágeno) e desglicante (desliga essa ligação), sendo assim capaz de proteger as proteínas estruturais e restabelecer o equilíbrio do couro cabeludo melhorando a ancoragem do fio e diminuindo o estresse oxidativo gerado pelo excesso de açúcares”, explica Mika. O ingrediente ainda é considerado um antioxidante universal e ajuda a reparar a pele contra os radicais livres.

Por fim, a farmacêutica alega que é sempre importante buscar auxílio de um dermatologista, que pode orientar para o tratamento completo do cabelo, camada a camada, inclusive indicando nutrientes orais, como Exsynutriment (melhora densidade capilar e ancoragem do fio), Bio-Arct (aumenta produção energética das mitocôndrias) e Glycoxil (ação antioxidante, antiglicante e desglicante).

 
Mais notícias sobre Notícias do Setor | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha