Brasil, 31 de Março de 2020
03 de junho de 2013

Tratamento antioxidante para face e corpo

Tratamento antioxidante para face e corpo





Tratamento antioxidante para face e corpo

Hidratação: Fatores internos e externos modificam a aparência e o estado da pele. A real hidratação cutânea está associada à melhora da fisiologia da epiderme, que, possuindo nutrição será capaz de promover estrato córneo competente, evita a perda transepidérmica de água, quer dizer que o grau de hidratação da camada córnea decorre do equilíbrio entre a água fornecida e as perdas por evaporação na atmosfera. A água é responsável pela maciez, elasticidade e flexibilidade da pele.

Pertubações na Hidratação - A desidratação da pele pode ser favorecida por vários fatores:

Ação da poluição e de outros agressores externos prejudicam a aparência da pele que fica desidratada e descamada, dificultando o transporte dos estratos internos para a superfície.

A ação dos agressores internos, como desequilíbrios hormonais, doenças, úlceras, diabetes, disfunções renais, uso de diuréticos, dietas, estresses, e até o emocional podem prejudicar a aparência da pele.

As formulações cosméticas com finalidade hidratante, segundo a química Sonia Corazza, agem de 3 maneiras distintas, podendo impedir a perda de água excessiva da pele, formar uma película protetora de água do ambiente sobre a pele ou fornecer nutrientes que promovam uma reorganização celular.

A hidratação na pele após exposição solar
Consegue-se a hidratação e o restabelecimento do equilíbrio biológico, mais ação antioxidante recorrendo a produtos adequados no acompanhamento e tratamento da pele da face e corpo através da aplicação de cosméticos que promovam maior hidratação e proteção a nível celular.

Sugestão sequência de tratamento:

Recursos Técnico-Cosméticos Antioxidantes:

FACE
1.) Higienizar - com azeites e/ou fluidos refinados;

2.) Afinar - grânulos de Apricot, microesferas azuis ou grânulos de polietileno (caso a pele seja lipídica) - observar sempre se há sensibilidade cutânea ou se faz uso de queratolíticos (agentes afinadores ou esfoliante de ação química) sob orientação médica;
• Caso a pele esteja muito queratinizada (áspera), aplicar técnica de no 3;
• Caso a pele não admita tal esfoliação química, deter-se somente no afinamento de ação física, técnica no 2.
• O profissional que possui a técnica de afinamento com o equipamento Crystal, deverá substituir as técnicas nos 2 e 3

3.) Aplicação Loção ou Gel contendo AHAs (Baixa concentração - 5% em pH 4.0), ou Beta-Hidroxiácidos ou Ácido mandélico.

4.) Tonificar - com Ácido Hialurônico, Alantoína, PCA-Na, NMF; Silício Orgânico

5.) Embeber- este técnica consiste em aplicar uma emulsão ou creme de ação emoliente + bandagens com algodão embebido em loção hidratante (consultar matéria-prima) + vapor ou máscara térmica. Esta técnica aumenta a capacidade de absorção hídrica, pelo fato de diminuir a resistência da pele. Quanto mais "encharcar" ou "embeber" a camada superficial da pele, maior probabilidade de promover melhora da hidratação cutânea.

6.) Aplicar Microcorrente ou Eletroporação caso não possua este equipamento que possa estimular a regeneração celular como mencionado, utilize a técnica de no 7

7.) Ionizar complexos hidratantes - Algisium C, Hidroxiprolisilane , etc. (ação sinérgica e potencializada do complexo de silícios orgânicos, aumenta a resistência celular, restaura elasticidade e tonicidade e hidratação da pele) - Ionizar por 8' (oito minutos) em polaridade negativa (-);

8.) Massagear- Produtos cosméticos que confiram alto grau de hidratação – consultar ativos mencionados acima no quadro de matérias-primas.

9.) Máscara Cremosa e/ou Oclusiva - (modelagem e oclusão) - com Manteiga de Karitê, Vitamina F, Threalose vetorizada (GPS) e óleo de damasco com ação emoliente, hidratante e sinérgica; restabelece hidratação natural da epiderme. Sobre esta máscara aplicar gazes modeladoras de forma que se promova sustentação e modelagem do tecido;

10.) Finalização - Complexo com Ceramida e Ascorbosilane C (Silício Orgânico com Vitamina C) - confere ação ativadora e de reparação tecidual, promovendo equilíbrio fluido intraepidermal + F.P.S (Fator de Proteção Solar) - 8 ou 15.
Procedimento facial poderá ser realizado uma vez por semana ou, a cada quinze dias.


CORPO

Organização da maca:

• Maca confortável e larga para conforto do cliente,
• Travesseiro,
• Sobre a maca:
- colocar lençol de pano (proteção da própria maca),
- em seguida lençol térmico (que fará parte integrante da maca- promove relaxamento e bem estar ao cliente),
- mais um lençol de pano (para que o cliente não se deite diretamente sobre o lençol térmico e também para protegê-lo de qualquer produto que venha a cair sobre a maca),
- plástico que deverá ocluir o cliente após procedimento (aumenta a emoliência da pele e ablanda queratina) ou manta fina (alumínio) ,
- lençol de papel ou de TNT que deverá estar colocado sobre o plástico para que o cliente não tenha o plástico diretamente sobre sua pele.
- Cobertor caso seja necessário


Profa. Maria de Fátima Lima Pereira, diretora da Esthetic Pro & Cosmetologia, coordenadora científica do Congresso Internacional de Estética - Estética Brasil - Hair Brasil há 12 anos. Professora do Bacharel em Estética da Universidade Anhembi Morumbi. Mestranda do Curso de Comunicação da UAM e organizadora e autora da coleção série em Estética – Difusão Editora, Consultora Técnica para Área de Estética.

 

 
Mais notícias sobre Coluna da Beleza | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha