Brasil, 22 de Abril de 2024
31 de março de 2023

Max Weber: Congresso e oficina de maquiagem na Hair Brasil

Durante a Hair Brasil, que completou 20 anos em 2023, Max Weber - beauty artist que soma aproximadamente três décadas de trabalho - teve uma apresentação no Congresso de Maquiagem, no qual abordou a visão doo profissional sobre maquiagem. “Falei especialmente sobre a maquiagem para fotografia, filme, cinema, TV e mídias sociais hoje; mas na realidade comecei em uma época em que não tinha internet; fui autodidata e comecei trabalhando com cabelos porque eu queria entender esse processo todo”, explicou. Daí a profissional partiu para a maquiagem.

Como tudo aconteceu

Quando Max tinha 14 anos, o clipe de George Michael Freedom!, com as supermodels dos anos 90, causou encanto e Max que quis conhecer Naomi Campbell. Morando na Cohab - Companhia de Habitação Popular, sendo preta e pobre, pensou que a chance disso acontecer seria pequena. “No entanto, algo me dizia que eu ainda a conheceria”. Começou a trabalhar maquiando as amigas transformistas, hoje Drag Queens. Entrou no cast de uma agência de make-up, foi para o Rio de Janeiro num evento e eis que Naomi Campbell estava lá. A supermodelo gostou do trabalho dela e começou a a chama-la para todos os trabalhos. “Fiz campanhas e todos me conheceram, meu cachê aumentou e o universo fashion passou a me ver, a ver os trabalhos que eu realizava e apareci”, conta. Hoje estou aqui na Hair Brasil!

 

Na oficina que ministrou na Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética, ao contar sua história dela foi, ao mesmo tempo, demonstrando a técnica para a maquiagem, num curso VIP. “No fundo somos todos lindos, mas sempre podemos melhorar, com poucos ou muitos produtos; começamos por entender nosso DNA, entender nossa autoestima e criar essa energia mágica de multiplicar a beleza das pessoas, começando por compreender como é nossa pele e o que ela necessita”, conclui.

 
Mais notícias sobre Notícias da Feira | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha