Brasil, 21 de Janeiro de 2022
20 de fevereiro de 2020

Grisalhos que não passam mais em branco

Se o Diabo veste Prada, as mulheres empoderadas e contemporâneas se vestem do grisalho e mostram que a moda é que as segue e não o contrário. O que antes era tido com sinal de descuido, ausência total de vaidade, hoje ganhou identidade e tem refletido a força da mulher que se banca.

Grisalhos que não passam mais em brancoUm exemplo recente desse domínio dos fios brancos é a passagem da atriz americana Jane Fonda, de 82 anos, pelo tapete vermelho do Oscar esbanjando autenticidade com seus naturalmente grisalhos.

Para o embaixador da Alfaparf Milano Brasil, Paolo Civita, a ideia de valorizar o natural tem entusiasmado, mas é preciso cuidado: “Há alguns anos vem acontecendo um movimento para cabelos mais naturais, as pessoas perceberam que é possível ter um cabelo branco, grisalho, assim como cacheado, crespo ou liso e manter seu estilo reafirmando a identidade, mas para isso é necessário alguns cuidados, tanto no salão quanto em casa”.

Corte

O corte é o primeiro passo para valorizar a nova atitude e fugir do aspecto “desleixado”. Ele é importante para compor o look e valorizar os pontos positivos, gerando equilíbrio entre cor e forma e trazendo um conceito moderno e arrojado, próprio de quem escolhe e se cuida e não de quem apenas se abandona.

E é interessante ressaltar que para os fios grisalhos mantê-los curtos não é uma regra, vale usar e abusar de diferentes comprimentos e bases de cortes. Somente uma conversa franca e confortável entre o hairstyle de confiança e o cliente poderá alcançar o melhor visual.

Civita conta que no processo de transição que surge maior resistência para essa nova tendência, uma vez que é preciso investir tempo e dinheiro para se atingir o resultado desejado e, só então, seguir com cuidados home care.

Grisalhos que não passam mais em branco“Na avaliação inicial eu indico ter no mínimo 70% de cabelos brancos. Começamos pela técnica de mechas finas de forma global com o objetivo de eliminar a técnica de coloração total dos fios. A tonalidade desta mecha é primordial para o efeito grisalho, devendo sempre seguir o tom frio. Para cabelos longos é indicado também corte, retirando o excesso de comprimento e tornando muito mais rápido o processo até a transformação final”, explica o especialista, que acrescenta: “E se o objetivo é ter os fios no tom natural, porque não apostar também na naturalidade da sua forma e deixar pra trás o uso de processos químicos”?

Confira agora algumas dicas para sugerir aos clientes em questão e sugestão e produtos para garantir a qualidade e o resultado desejável.

No salão

Tratamento nutritivo com Semi di Lino Moisture, da Alfaparf Milano. 

Grisalhos que não passam mais em branco

Em casa

Tratamento nutritivo para cabelos secos e muito secos com Semi do Lino Moisture e tratamento de brilho/hidratação para cabelos normais com Semi di Lino Diamond, ambos Alfaparf Milano.

Para a manutenção em casa é indispensável 

Grisalhos que não passam mais em branco

Shampoo, Máscara, Condicionador e leave-in (com proteção solar para manter a hidratação e evitar o amarelado). No caso de cabelos longos, é indicado ainda o uso de óleo e para curtos, pomada ou cera com brilho moderado.

Paolo indica ainda acrescentar Alfaparf Milano Pigments Violeta.21 no shampoo, máscara, condicionador e leave-in.

 
Mais notícias sobre Notícias do Setor | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha