NOTÍCIAS [página inicial] [voltar]
14/11/2011


Sintomas de varizes podem afetar qualidade
de vida de profissionais em salões de beleza


Dores nas pernas, cansaço, formigamento, e, por fim, as temidas varizes. Esse conjunto de sintomas e sinais são indicativos de um problema crônico chamado IVC (Insuficiência Venosa Crônica) ou mais conhecido como “Sintomas de Varizes”. O problema se apresenta com grande potencial para afetar profissionais que permanecem muito tempo em pé ou sentados, como cabeleireiras, manicures, esteticistas e massagistas, entre outros profissionais mais suscetíveis.

O componente hereditário expresso pelo histórico familiar, sexo feminino e obesidade são fatores que podem tornar os indivíduos propensos a desenvolver varizes e sofrer com seus sintomas. Somado a esses fatores, alguns hábitos diários - como pouca atividade física - contribuem para a manifestação do problema. As mulheres são duas a três vezes mais afetadas que os homens, em função de fatores hormonais.

Embora os sintomas de varizes sejam um problema crônico, alguns cuidados podem ajudar a atenuar o desconforto e a sensação de cansaço nas pernas. Além de mudança de hábitos, (veja as dicas abaixo), existe a abordagem com medicamentos que podem ser grandes aliados para aliviar os sintomas de varizes, entre eles o Antistax, produto fitoterápico (um extrato de origem natural), recentemente lançado no Brasil.

Produzido a partir das folhas da Vitis vinifera – a espécie de parreira mais cultivada para a produção de uvas em vinícolas da Europa – Antistax® contém flavonóides venotônicos que possuem atividade antiinflamatória. Esses flavonóides ajudam a fortalecer os vasos sanguíneos, melhorando a circulação e reduzindo o inchaço, o que alivia a sensação de pernas pesadas. O produto age na causa das dores e nos outros sintomas de varizes.

Dicas para profissionais dos salões de beleza:

• Evite ficar acima do peso e sempre trabalhe com roupas e sapatos confortáveis;
• Não se esqueça de andar um pouco pelo menos uma vez por hora;
• Para as pessoas que passam muito tempo sentadas, como as manicures, é aconselhável fazer alongamentos nas pernas, ainda que sentada, pelo menos uma vez a cada hora. Evite também cruzar as pernas, o que comprime o fluxo do sangue.
• Para cabeleireiros, esteticistas e massagistas, que permanecem muito tempo em pé, faça alongamentos periódicos;
• Procure um angiologista (médico especialista em doenças e lesões do sistema vascular) para avaliar o seu caso.


Exercícios de alongamento para fazer no ambiente de trabalho:

Semi-agachamento
Ponha-se de pé, com os pés afastados à largura dos quadris e mantendo boa postura. Desça lentamente o corpo dobrando os joelhos. Mantenha as costas retas e desça o corpo como se fosse sentar-se numa cadeira. Não dobre demasiadamente os joelhos. Gradualmente estique as pernas para voltar à posição inicial. Repita 10 a 20 vezes.

Subir a barriga das pernas
Começar de pé, cuidando da postura. Mantenha as mãos ao lado do corpo e os pés afastados cerca de 15 centímetros para se equilibrar. Suba lentamente apoiando-se na planta dos pés e desça outra vez. Experimente 10 a 20 repetições deste exercício.

Marchar no mesmo lugar
De pé, levante uma perna até a parte superior da coxa ficar paralela ao chão. Desça e levante a outra perna. Continue como se estivesse marchando no mesmo lugar. Tente marchar 15 a 20 vezes com cada perna.

Antistax ® é um medicamento de venda livre e seu uso pode trazer riscos. Toda medicação deve ser tomada com orientação médica.


envie este texto
para um amigo
versão para impressão